Quantidade x Qualidade

É mais inteligente ter uma quantidade razoável de peças bem boas –feitas em material de qualidade, com acabamento durável– do que ter montes de peças que logo nas primeiras lavagens desbotam, descosturam, soltam botões, criam bolinhas no tecido, etc etc etc. Poucas e boas mesmo: de que adianta ter um guarda-roupa lotado e correr na área de serviço toda manhã pra buscar no varal aquilo que foi usado ontem, anteontem? Esperto é ter o essencial, o que realmente faz a diferença (e o que a gente AMA) e tirar da frente e da vida o que é excesso e só ocupa espaço — físico e mental.

______________Oficina de Estilo

**lembre-se: a maioria das coisas não custa a mais por acaso. Eu sempre digo, a mão da mulher é o melhor controle de qualidade que existe, quando a gente toca a peça, observa o tecido, as costuras, os detalhes, sabe se vale ou não as “rúpias” investidas.

Tenham um Domingo sensacional, amorinhas !

Bjssssss

Deixe um comentário